onselectstart='return false'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

INSCREVA-SE!

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

A oleosidade, a caspa e o ressecamento

Olá Meninos e Meninas!
No post de hoje veremos três aspectos que acabam com os cabelos, portanto é bom saber mais sobre o assunto para poder cuidar melhor dos fios.
A Oleosidade:
É influenciada por fatores hormonais, alimentares, emocionais e climáticos.
Ela apresenta-se como uma inflamação que ocorre em áreas com grande número de glândulas sebáceas: couro cabeludo, sobrancelhas, pálpebras, lados do nariz, parte posterior das orelhas e meio do peito.
A pele torna-se vermelha e áspera e é recoberta por escamas, que podem ser secas ou gordurosas, finas ou espessas, geralmente acinzentadas ou amareladas, quase sempre aderentes, podendo ser acompanhadas ou não de prurido.
A Dermatite Seborréica geralmente é crônica. Ela melhora com o tratamento mas tende a voltar periodicamente. O vento, o calor, a umidade, o suor, o uso de bonés, o dormir com o cabelo molhado, o estresse, as alterações hormonais, os xampus inadequados, a água quente do banho e o clima frio do inverno tendem a agravar os sintomas. 
A Caspa:
Caracteriza-se pelo excesso de descamação do couro cabeludo, não ocorrendo inflamação. A pele do couro cabeludo passa a eliminar as células mais rapidamente que o normal .
Alimentos de baixo valor nutritivo e a falta de proteínas e óleos poliinsaturados podem contribuir.
Atualmente, acredita-se ser a caspa uma forma branda de Dermatite Seborréica., e segundo sua intensidade pode ser classificada como:
Leve - Pequenos flocos esbranquiçados aderentes ao couro cabeludo, próximos à implantação dos fios, perceptíveis somente após raspagem ou escovação.
Moderada - Os flocos se encontram soltos entre os fios, mesmo na ausência de processos que promovam seu deslocamento do couro cabeludo.
Intensa - Caracteriza-se por descamação acentuada de flocos de tamanhos variados, abundantes e perceptíveis entre os fios e sobre os ombros do portador.
A Caspa e a Dermatite Seborréica encontram-se presentes em 40% da população branca adulta e estão relacionadas com predisposição genética e fatores ambientais. Alterações na composição da gordura produzida pelas glândulas sebáceas do couro cabeludo, que resultam no aumento da alcalinidade da pele (alteração do PH) parecem predispor o surgimento destas afecções.
Raras e brandas nas crianças, têm suas incidências e gravidades máximas por volta dos 20 anos, sendo pouco freqüentes após os 50 anos.
O Ressecamento:
O couro cabeludo apresenta-se ressecado em razão das glândulas sebáceas hipo-funcionais. Os cabelos também serão secos e sem brilho. Distúrbios hormonais, falta de óleos insaturados na alimentação, estresse, falta de vitaminas, banhos seguidos com água quente e shampoos inadequados contribuem para esta disfunção.


❤ Acompanhe tudo lá no Instagram aqui

E também nas Redes sociais abaixo:

Sigam no Google + aqui.
Sigam no Instagram  aqui
Se inscrevam no canal Cachos KIDS & Cia aqui.
Se inscrevam no canal do Youtube aqui.

Curtam Cacheadas & Charmosas aqui.
Curtam Beleza em Ação aqui.
Curtam Cachos Kids aqui.
../(,")\
.../\
.._| |_.∞
 B e i j i n h o s  

e até mais. . .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não saia sem comentar. Gostaria de saber sua opnião para que eu possa melhorar as postagens e fazer um trabalho cada vez mais eficiente...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...