onselectstart='return false'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

CLIQUE AQUI E SE INSCREVA!

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Como age a reconstrução nos fios

Olá,

Quero falar neste Post como age a reconstrução nos cabelos e porque e em que caso é necessário uma reconstrução.

Então vamos entender primeiro a estrutura do cabelo neste simples resumo:
O cabelo é quase todo formado por proteínas mortas, a maior parte delas é a queratina.

Proteínas são moléculas que possuem função estrutural, ou seja, elas são responsáveis pela estrutura dos fios. Elas são formadas pela união de aminoácidos e estes unem-se em sequência como os elos de uma corrente. Como na foto abaixo:


Aqui a cutícula do cabelo normal
Como agem os reconstrutores:
As moléculas que possuem função estrutural (ex.: proteínas, lipídios e alguns carboidratos) agem "refazendo" a estrutura, tentam trazê-lo ao seu estado inicial. Quando utilizamos proteínas, estamos repondo o que foi perdido por meio de processos químicos e físicos, tentamos devolver a forma do cabelo, porém, o cabelo é proteína morta e não tem capacidade de se renovar, se isso acontecesse, precisaríamos colocar proteínas apenas uma vez e este se encarregaria de restaurar-se sozinho, por isso, quando utilizamos proteínas ou moléculas de função estrutural, estamos "depositando" os "ingredientes constituintes" dos fios.
Com as lavagens, o passar do tempo e os danos, os fios vão perdendo o "depósito" de substâncias, por isso precisamos sempre estar utilizando produtos.
As proteínas também agem formando um filme nos fios que evita a perda de água.

Exemplo de ingredientes com função estrutural:
Aqui a cutícula do cabelo danificada
Queratina, proteína do trigo, de soja, de aveia, colágeno, creatina, entre outros. 
Além de moléculas, também são utilizadas moléculas com função energética. Lipídios e carboidratos são as principais fontes de energia, porém as moléculas de função energética agem preenchendo as micro-fissuras existentes nos fios. 
Cabelos danificados possuem a estrutura com mais "buracos" do que cabelos virgens. 




Exemplo de ingredientes com função energética:
Ceramidas (são lipídios), amido, etc.
Cada proteína possui uma cadeia única de aminoácidos, portanto, a reconstrução que seria mais "completa" é aquela onde usaríamos a queratina, pois estaríamos repondo todos os aminoácidos naturais presentes no cabelo. 
Proteína de trigo, soja, aveia e colágeno agem reconstruindo os fios também, porém sua cadeia de aminoácidos é diferente da cadeia da queratina, pois esta oferece uma reconstrução completa.

Excesso de queratina:
Quando aplicamos muita queratina nos fios, o cabelo não suporta a sobrecarga e a queratina vai se depositando na superfície mais externa do cabelo, formando um filme, dando um aspecto rígido e áspero ao cabelo. Quanto mais semelhante a proteína for da queratina, mais facilidade ela terá de endurecer o cabelo com uso prolongado.

AQUI neste outro Post tem uma receita caseira de reconstrução hidratante.
Veja também: Reconstrução capilar Nouvelle


B e i j i n h o s
e até mais. . .


4 comentários:

  1. Eu não sabia disso!! Adorei o post vou lá pegar a receita de reconstrução ;)

    Xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc vai amar essa receita de reconstrução Thaís, bjs...

      Excluir
  2. Por isso às vezes tem gente que diz que usa queratina mas parece que o cabelo fica pior né? É o excesso dela...

    Parabéns pelo post!

    Beijos.

    Kika/Acessarte.

    www.blogacessarte.blogspot.com
    www.acessarte.com (loja virtual)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Kika, o excesso da queratina causa reação contrária, ao invés de reconstruir, ela endurece os fios, podendo haver a quebra deles. Bjs...

      Excluir

Não saia sem comentar. Gostaria de saber sua opnião para que eu possa melhorar as postagens e fazer um trabalho cada vez mais eficiente...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...