onselectstart='return false'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

CLIQUE AQUI E SE INSCREVA!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Queda de cabelo e tratamentos

Olá,
Problemas nos cabelos são muito comuns: caspa, calvície, cabelos frágeis, grisalhos, etc. Embora a maioria seja sinal de envelhecimento natural, ou causada por outros fatores, várias medidas podem contribuir para obter cabelos mais saudáveis. 
O cabelo apresenta características tais como densidade, textura, padrão e cor, que resultam da hereditariedade. Mas o estado em que se encontra depende, normalmente, de fatores variáveis, tais como o estado geral de saúde, a higiene capilar, o tipo de xampu e outros produtos de tratamento que se aplicam e a utilização de pentes, escovas, rolos, secadores etc.
Via de regra, os adultos saudáveis perdem entre 50 e 100 fios de cabelo por dia e o número médio de fios de cabelo na cabeça oscila entre 90 e 100 mil.
Em se tratando de queda de cabelo, até certo ponto, a queda é absolutamente normal: um cabelo cai porque por baixo dele nasceu um novo cabelo; no entanto, alguns distúrbios podem desencadear uma queda anormal de cabelo tanto em homens quanto em mulheres.
As causas de queda capilar mais comuns, principalmente nas mulheres são:
* Alterações hormonais após o parto, ou após terem deixado de tomar a pílula anticoncepcional, ou após a menopausa;
Uso de medicamentos do tipo ministrado a doentes com câncer;
* Penteados que deixem os cabelos muito apertados(rabo-de-cavalo, rolos muito apertados e aplicados com demasiada frequência), massagens e escovações repetidas e muito vigorosas;
* Estresse emocional, que pode gerar cabelos fracos e sem vida, além de uma perda súbita, temporária e desigual dos mesmos;
* Alimentação inadequada, falta de vitaminas e desequilíbrios nutricionais (de vitaminas e de minerais) . Por exemplo, uma ausência de vitamina A pode resultar em descamação do couro cabeludo; mas, o excesso dessa vitamina (mais de 100.000 UI por dia) durante um longo período, pode causar queda de cabelo;
* Hipoatividade da tireóide;
* Circunstâncias ambientais;
* Problemas imunológicos;
* Fatores genéticos;
* Anemia;
Descolorações sucessivas com preparados à base de água oxigenada, podem tornar os cabelos finos, ásperos, secos, com pontas duplas no meio do fio, o que faz que se tornem quebradiços e caiam.

Precauções à tomar:
* Evite dietas da moda que possam privá-la dos nutrientes essenciais;* Lave os cabelos com um xampu suave (principalmente se você tem o hábito de lavá-los diariamente);* Evite os pentes afiados ou escovas de plástico que só quebram o cabelo;* Não escove ou penteie o cabelo com muita força enquanto estiverem molhados;* Após lavar os cabelos, deixe-os secarem naturalmente, porém, se precisar utilizar o secador, nunca o segure muito próximo da cabeça (uma distância de uns quinze centímetros é o ideal) e regule o calor para o mínimo e o médio;* Evite substâncias químicas agressivas como o cloro das piscinas;* Use chapéus para proteger seus cabelos e couro cabeludo da ação do sol;* Faça, semanalmente, uma massagem no couro cabeludo, usando a ponta dos dedos.
Tratamentos:

Extrato natural de jaborandi:
É um tônico capilar da Bioextratus, anti-queda, que ajuda tanto no crescimento quanto na queda, pois ele ativa a circulação capilar, através da massagem durante a aplicação do produto. Nutre os fios, evitando a queda e ajudando no crescimento saudável dos cabelos;



Minoxidil:
Alguns médicos receitam uma solução de minoxidil, que, quando esfregada diariamente no couro cabeludo, durante um mínimo de quatro meses, produz uma melhora temporária na calvície masculina. Mas ela volta a progredir quando se interrompe o tratamento. O minoxidil é menos apropriado para o tratamento da calvície feminina;

Plantas Medicinais:
Para estimular os folículos pilosos e favorecer o crescimento dos cabelos, experimente massagear o couro cabeludo com algumas gotas de óleo essencial de alecrim e, a seguir, lavá-lo com água corrente. Você pode também utilizar uma infusão forte de urtigas para retirar o xampu que você normalmente usa.
Do ponto de vista fitoterápico, os problemas capilares refletem, geralmente, perturbações internas. Por isso, pode-se aconselhar a utilização de um chá relaxante, como a camomila ou a escutelária, para combater o estresse;

Óleos:
Para a queda de cabelos, à noite massageie o couro cabeludo com óleo de rícino e lave com xampu na manhã seguinte. Repita este processo uma ou duas vezes por semana. Do mesmo modo, também podem ser usados os óleo de açafroa (carrapeta) ou óleo de gérmen de trigo.

Veja aqui linha para crescimento e fortalecimento dos cabelos.

B e i j i n h o s 
e até mais. . .

8 comentários:

  1. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  2. Queda de cabelo é um assunto muito delicado.. e mesmo com vários produtos no mercado sempre é bom consultar um médico....

    Bjos

    www.terapiafeminina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Juliana, mas produtos à base de jaborandi são
      indicados pelos próprios médicos. bjs

      Excluir
  3. As vezes acho que vou ficar careca kkk adorei a dica do produto vou procurar por aqui bjos
    http://mulhervaidosacom.blogspot.com.br/2012/10/ja-chegou-o-natal-na-eudora.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse produto é muito bom Dani, eu recomendo! bjinhos.

      Excluir
  4. otimas dicas, já sofri com a queda, mas parou

    http://himi-tsu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Gostaria de saber sua opnião para que eu possa melhorar as postagens e fazer um trabalho cada vez mais eficiente...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...