onselectstart='return false'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

CLIQUE AQUI E SE INSCREVA!

terça-feira, 21 de junho de 2016

Hidratação para joelho e cotovelo

Olá,
É comum no inverno algumas partes do corpo ficarem mais ressecadas. E duas dessas partes necessitam de cuidados e hidratação especiais, e que se não forem bem cuidadas ficam com aspecto feio. E essas duas são o joelho e o cotovelo.
Joelhos:
Essa área acumula muitas células mortas, por isso é uma parte que se encontra constantemente ressecada. Assim, para evitar que os joelhos fiquem com coloração escurecida e áspera pela falta de hidratação, utilize cremes hidratantes potentes, associado a óleo de amêndoas ou semente de uva.
Cotovelos:
Essa parte do corpo possui menor quantidade de glândulas sebáceas, por isso tem uma maior tendência a ser ressecada. Assim, opte por uma boa hidratação local, de modo a impedir o ressecamento.
Áreas mais ressecadas:
Já reparou como a pele do cotovelo e dos joelhos é parecida? A região é mais ressecada, rugosa, espessa e em muitos casos chega a ser áspera e escurecida. É porque são áreas onde a pele é mais flexível, para permitir o movimento das juntas. E como são regiões de apoio, a pele é naturalmente mais resistente nessas áreas. Sendo assim, é muito importante hidratar. A hidratação funciona como uma proteção e os cremes devem ser aplicados diariamente, de preferência após o banho, para que os ativos da formulação penetrem melhor.
Nos casos de pele normal, pode-se usar hidratantes comuns, mas se a pele estiver muito ressecada e grossa, o ideal é utilizar cremes com altas concentrações de ureia e lactato de amônia ou ácido salicílico combinado com outros ácidos que deixam a pele macia e mais clara.
E por falar em ácidos, essas substâncias parecem ser mesmo potentes quando o assunto é tratamento de regiões como os joelhos e cotovelos, pois podem ser indicados com combinações diversas para combaterem mais de um problema. Os cremes com ácido glicólico, retinóico e ou salicílico, para afinar um pouco a pele, são indicações que funcionam bastante. Mas vale lembrar que a hidratação diária
é fundamental, assim como evitar atritos.
Esfoliação:
Ao sentir a pele mais grossa é comum as pessoas começarem a apelar para a esfoliação, com o objetivo de deixá-la mais fina. Mas atenção, essa pode não ser uma boa medida, já que o método causa efeito rebote, ou seja, esfoliar é um traumatismo e para resistir a esse desgaste a pele responde ficando mais grossa. E esse resultado é proporcional ao atrito, quanto mais se esfrega, mais espessa fica. É um mecanismo de defesa, a pele engrossa para se proteger, e nessa lista dos esfoliantes está incluída a bucha vegetal, que deve ser deixada de lado, pelo mesmo motivo, o do desgaste excessivo. Caso seja necessário, faça a esfoliação em ocasiões raras, no máximo uma vez por mês.

Como combater o escurecimento:
Hidratar e tomar o cuidado de não esfoliar, mais ainda. No entanto, um dos problemas mais demorados para se tratar é o escurecimento da região dos joelhos e cotovelos, característica comum, com o passar do tempo. Além do fator óptico – por ser uma área mais enrugada, a pele parece ser mais escura – uma das causas pode ser fatores genéticos e inflamatórios, esse último causado por excesso de pressão e atrito ou outros motivos pontuais.  O tratamento pode ser feito com clareadores cosméticos ou medicamentos com o efeito de clarear, vai depender da intensidade. Os medicamentos são mais potentes para as situações críticas, de hiperpigmentação. Outra opção para casos mais resistentes são os peelings.

Uma boa hidratação:
Ao contrário do que a maioria pensa, os cosméticos mais densos, como aqueles com consistência de manteiga, não significam uma hidratação mais eficaz ou poderosa, pois criam uma barreira cutânea e com isso ajudam a reter a água na pele. Porém elas são um veículo, que podem até conter ativos potentes, mas isso não é garantia de maior capacidade de hidratação. Uma loção pode ter mais ativos e ser até mais hidratante. O que vai determinar o poder de afinar e hidratar a pele são os ativos da formulação, são eles que têm potencial de reter a água na pele e manter hidratação por mais tempo, e não a textura do cosmético.  Resumindo: as manteigas também podem ter formulações potentes, desde que tenham ingredientes com alto poder de hidratação. Mas a sua densidade cosmética, simplesmente, não aumenta a sua eficácia. Talvez, essa impressão venha do sensorial, por ficarem mais tempo sensíveis ao toque.


Como evitar o ressecamento:
1. Evite, ao máximo, apoiar os cotovelos nos locais;
2. Use sempre hidratante na região;
3. Na hora de aplicar o creme faça movimentos circulares para melhor penetração do produto;
4. No banho dê uma atenção especial aos joelhos e cotovelos. “A dica é lavar as extremidades tirando todas as impurezas, como a pele velha que fica na região. Porém, evite água muito quente. Depois, seque muito bem.


Acompanhe tudo lá no Instagram aqui

E também nas Redes sociais!
Sigam no Google + aqui.
Sigam no Instagram  aqui
Se inscrevam no canal Cachos KIDS & Cia aqui.
Se inscrevam no canal do Youtube aqui.

Curtam Cacheadas & Charmosas aqui.
Curtam Beleza em Ação aqui.
Curtam Cachos Kids aqui.

../(,")\
.../\
.._| |_.∞
 B e i j i n h o s  

e até mais. . .

Um comentário:

  1. No inverno os cuidados com a hidratação tem que ser redobrado mesmo,principalmente nessas partes como joelhos e cotovelos que tende a ressecar mais,adorei as dicas!

    Beijos
    www.joyceneves.com

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Gostaria de saber sua opnião para que eu possa melhorar as postagens e fazer um trabalho cada vez mais eficiente...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...